Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




por Oldfox, em 28.02.09

1ª Comunidade de Leitores 2009 Culturgest


Estamos a caminho da próxima etapa, isto é, da discussão em torno de "Washington Square", ou "A Herdeira" (em português da Ed. Estampa ) de Henry James. Espero deixar aqui algumas notas e questões, antes da sessão.


Ainda em relação a "O Último Magnate" de Scott Fitzgerald, no passado dia 25 de Fevereiro, e respondendo ao repto de criar um final para o inacabado romance, recebi uma interessantíssima proposta - várias propostas - de Jorge Almeida. Aqui vai o teor da sua mensagem:


"Caros (as) Participantes da Comunidade de Leitores

Aceitando o desafio de imaginar como poderia acabar a história do magnate, mas sem capacidades para o descrever de forma literária, opto por o fazer na forma de 10 ideias soltas.

Recomeço a história no momento em que Stahr descobre a traição de Brady.

1 - Cecília alerta Stahr para as intenções do seu pai. Stahr resolve enfrentar o adversário mas recusa desde o primeiro momento fazê-lo nos mesmos termos.


2. O seu sustentáculo vão ser os accionistas e os trabalhadores. Para financiar aumentos salariais e conseguir o apoio do sindicato desiste temporariamente do seu filme "artístico" que faria perder dinheiro aos accionistas.

3 - Consegue que o Príncipe da Dinamarca invista na produção de uma nova grande metragem.
Com os aumentos salariais e a intervenção de alguns homens que o seguem incondicionalmente consegue que o Sindicato o apoie.
Reata relação com Kathleen e o marido desta descobre e tenta fazer chantagem com Stahr que o enfrenta. Cecília resigna-se: Stahr não será seu.


4. Stahr parte para Nova Iorque negociar um empréstimo decisivo para o futuro dos Estúdios e que, a ser concedido, convenceria finalmente os accionistas a afastar Brady. No avião conhece um jovem e brilhante cirurgião a quem conta o seu problema de saúde. Ao chegar a Nova Iorque Stahr desmaia. É levado para o hospital. Quando acorda, com Kathleen à cabeceira, o jovem médico comunica-lhe as boas notícias. Foi operado. Está curado. Vai viver.


5. Consegue o empréstimo. Regressa triunfante. É recebido como um herói. É de novo o grande magnate. Brady é afastado mas jura vingança. O assassino que contratou recebe ordem para avançar e matar Stahr no jantar da Assembleia Geral de accionistas.


6 - O marido de Kathleen regressa para tentar fazer chantagem a Stahr. Combinam encontrar-se. Stahr leva uma quantia avultada para lhe dar. No último minuto arrepende-se e recusa pagar-lhe. O marido de Kathleen rouba-lhe o casaco para ficar com a carteira. Ao sair o assassino confunde-o com Stahr e mata-o. A polícia prende o assassino que acaba por confessar. Brady vai preso. Cecília regressa à Universidade. Stahr e Kathleen entram juntos, no Estúdio.

Aproveito este ensejo para a todos convidar a visitar o blogue (
http://livros2009.blogspot.com/) que mantenho sobre as minhas leituras. "

Estas propostas prestam-se a discussões que poderemos manter, aqui, neste espaço. Para já gostaria de saber pelo nosso amigo médico e companheiro da Comunidade se a hipótese 4 seria viável, naquele tempo. Sabemos que Stahr sofre de um problema cardíaco, tão sério que o médico que o acompanha lhe dá pouco tempo de vida. Não seria esta a forma de o autor o condenar, desde o início - nenhuma salvação - uma vez que ele seria o "último" magnate? Ou este "último" terá a ver com o fim de uma era, de uma determinada mentalidade, de uma forma "nobre" de agir em relação aos outros?

Aqui ficam as sugestões. Boas leituras. E não se esqueçam de ir consultando o blog do Jorge. Tem óptimas sugestões.




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:53



Um blogue da literatura, dos livros, dos leitores, dos editores, dos livreiros, dos alfarrabistas, dos desesperados, dos felizes e do que mais aprouver.

Mais sobre mim

foto do autor