Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




por Oldfox, em 16.03.10

"O Fardo do Amor" Ian McEwan


Hoje, na Culturgest, em Lisboa, Comunidade de Leitores, 18:30 h. Vamos discutir "O Fardo do Amor" de Ian McEwan, Ed Gradiva . Aqui, o amor observado à luz do avanço científico - neurociências. Um romance que abre o debate em torno dessas mesmas teorias e descobertas.
O título em inglês, "Enduring Love" é mais complexo - implica suportar e resistir.

Qual a ligação com "Werther" de Goethe, a nossa leitura anterior?
Mas de que amor se trata neste livro? Um amor obsessivo (Jed)? Um amor racional (Joe Rose)? Um amor com reminiscências românticas ( Clarissa)?
Jed é místico - "irracional"
Joe é um cientista - "racional"
Clarissa estuda o poeta romântico John Keats - emotiva

Como apreender o curso de um romance que é, fundamentalmente, um longo debate em torno da percepção, esgrimindo teorias? Darwinistas versus anti - evolucionistas?

Onde entram as teorias de António Damásio?

Como é que as pessoas se apaixonam e se desapaixonam?

O que é a Religião e como é que ela se pode ligar (ou não) ao Amor?

Quem é mais obsessivo - Jed ou Joe?

Estas são algumas questões soltas. O resto ficará para a sessão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:32



Um blogue da literatura, dos livros, dos leitores, dos editores, dos livreiros, dos alfarrabistas, dos desesperados, dos felizes e do que mais aprouver.

Mais sobre mim

foto do autor