Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




por Oldfox, em 21.06.13

Tips, Tips, Tips III

Cinema - "What Maisie Knew"

 

Há autores cujas obras atraem hipnoticamente os realizadores de cinema, apesar dos riscos e dos perigos anunciados. É o caso de Henry James. A sua prosa não é “visual”, antes se contorce e espraia no alargado espaço da mente individual, cortesia da – mas não só - famosa influência do seu irmão William James.  

Estreou agora o novo filme baseado na obra “What Maisie Knew” (1897) e a controvérsia já se instalou uma vez que as ambiguidades de James – que tanto prazer dão, na exploração da leitura – são dificilmente transpostas para, como é este o caso, a Manhattan contemporânea. James é certamente mais cruel  e complexo – na sua qualidade de bom vitoriano – nesta história de uma criança arremessada como moeda de troca e usada como arma de combate e objecto de chantagem pelo pai e a mãe divorciados, casados de novo, egoístas e frívolos. O retrato de uma sociedade – poderá ser também a nossa? – onde o afecto está ausente.

Nota: Nabokov achou o livro péssimo, apesar de ter sido recomendado pelo seu amigo Edmund Wilson. O crítico Neil Hertz encontrou semelhanças entre esta trama  e o “caso Dora” analisado por  Freud.

 

Some authors, no matter how difficult they are, attract the eye of film makers and seem to be an endless source of enthusiastic appeal . It is the case of Henry James whose “What Maisie Knew” has been adapted (again) to the big screen. Polemical as it may be to bring this story of a dysfunctional family of the Victorian period to present day Manhattan, it will be worthy to see Julianne Moore as the mother of six years old Maisie, the child tossed around between mother and father, step parents and governesses, permanently trapped in an adult world where adults behave like children and children are forced to let go their innocence.

 

“What Maisie Knew”, direcção de Scott McGehee, David Siegel. Com Julianne Moore, Steve Coogan, Alexander Skarsgård, Joanna Vanderham, Onata Aprile…

 

Fotografia: Millennium Entertainment

Steve Coogan, Onata Aprile, Julianne Moore numa cena do filme

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:54



Um blogue da literatura, dos livros, dos leitores, dos editores, dos livreiros, dos alfarrabistas, dos desesperados, dos felizes e do que mais aprouver.

Mais sobre mim

foto do autor